Arquivos da categoria: SQL

Conectando-se ao banco Derby

Apache Derby é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional Java que pode ser embutido em programas Java e que possui quase todos os recursos dos grandes SGDBS.

História:
Apache Derby originou-se na Cloudscape Inc, uma start-up de Oakland, California fundada em 1996 para desenvolver tecnologia Java para banco de dados. A primeira versão do motor do banco de dados, foi nomeada JBMS, em 1997. Posteriormente foi renomeada para Cloudscape e novas versões eram desenvolvidas a cada seis meses.
Em 1999 a Informix Software, Inc., comprou a Cloudscape, Inc. Em 2001 a IBM adquiriu os ativos da Informix Software, incluindo a Cloudscape. O banco de dados foi registrado como IBM Cloudscape e suas versões continuaram a ser produzidas, principalmente focando o uso em aplicações embarcadas usando os produtos Java da IBM.
Em agosto de 2004 a IBM contribuiu com o código para a Apache Software Foundation como Derby, um projecto incubado mantido pelo projeto Apache DB. Em julho de 2005 o projeto Derby foi promovido na incubadora do Apache e agora está sendo desenvolvido como um sub projeto do DB, um projeto de alto nível na Apache. Anteriormente à promoção do Derby na incubação, a Sun uniu-se ao projeto Derby com a intenção de usar o Derby como um componente de seus produtos,3 e com o lançamento do Java 6 em dezembro de 2006, a Sun incluiu o Derby no JDK renomeado como Java DB.
Em março de 2008 a IBM anunciou a remoção do produto Cloudscape do mercado, mas continuará contribuindo com o projeto Apache Derby.
Fonte: (wikipedia)

Você pode fazer o download do arquivo jar do Derby aqui

Localizar um objeto em todos os bancos de dados

SQL Server localizar objeto tabela view procedure trigger em todos os bancos de dados do servidor

Algumas ferramentas para banco de dados possuem uma busca para objetos(tabelas, triggers, views, etc) no banco de dados, para o caso de não ter disponível ou como no meu caso, de precisar fazer de forma dinâmica dentro de uma aplicação, pode-se utilizar o código abaixo:

Gerar autoincremento para todas as tabelas automaticamente

Logo do firebird sistema de gerenciamento de banco de dados

Uma das reclamações das pessoas que começam a utilizar o FireBird é a falta do auto-incremento como é contrados em sistemas como SQL Server e MySQL. Ainda não vamos discutir os prós e contras de se utilizar generators(Sequences), mas criei um código para me auxiliar na tarefa de preparar o banco de dados para rotinas de replicação e que serve para solucionar este problema.

A rotina abaixo busca por tabelas no banco de dados que contenha chaves primárias de apenas um campo, caso encontre, cria o GENERATOR (SEQUENCE), e a TRIGGER correspondente para gerar o auto-incremento destas tabelas.

Recursos utilizados nestes scripts:
TRIM: retorna o texto informado no parâmetro sem os espaços a esquerda e direita.
EXECUTE STATEMENT: Execute um comando contido na string, muito útil para criação de consultas  
            dinamicamente.
RDB$RELATIONS: Tabela do sistema que contem todas as tabelas e views do banco de dados.
UPPER: Retorna o parâmetro informado em caixa alta (todas as letras maiúsculas )
CAST: Converte um valor para um determinado tipo de dados. No nosso exemplo foi convertido um valor inteiro para texto ( varchar(5) ).